Ministério da Saúde divulga protocolo com orientações alimentares para gestantes

Está disponível na biblioteca do site do Ministério da Saúde o ‘Protocolo de uso do Guia Alimentar para a População Brasileira na Orientação Alimentar da Gestante’, um material específico sobre alimentação durante a gravidez para orientar as gestantes. Este é o terceiro fascículo da série Protocolos de Uso do Guia Alimentar para a População Brasileira, cujas edições anteriores focaram na orientação alimentar de adultos e de idosos.

A nutricionista e conselheira do Conselho Federal de Nutricionistas (CFN), Lorena Chaves, concedeu uma entrevista à Agência Brasil e falou sobre o protocolo, detalhando quais alimentos devem ser evitados durante a gravidez. “Orientamos que as grávidas evitem o consumo de produtos ultraprocessados, como, por exemplo, macarrão instantâneo, salgadinhos e bolachas recheadas. É importante observar o consumo de sal em excesso, assim como os temperos industrializados, pois podem trazer riscos à pressão arterial. A dica central é evitar os produtos industrializados, dando preferência aos produtos naturais”.

 

Sobre a publicação

Voltado a profissionais de saúde de nível superior, para uso no âmbito do atendimento clínico individual, o protocolo organiza a abordagem à usuária em fluxograma. Primeiro, o profissional deve preencher o formulário de marcadores de consumo alimentar do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAN) com as respostas coletadas da gestante no momento da consulta. Depois, ele poderá seguir o fluxograma, priorizando as mensagens (curtas e diretas) mais importantes para a alimentação saudável daquela paciente – ou seja, as orientações são personalizadas. Além disso, também há sugestões práticas para todas as gestantes – abrangendo, inclusive, a higienização de alimentos e o ambiente onde são feitas as refeições – e estratégias de superação de possíveis obstáculos.

Para acessar o Fascículo 3 – Protocolo de Uso do Guia Alimentar para a População Brasileira na Orientação Alimentar da Gestante, clique aqui.

*Com informações do CFN.

Receba novidades no seu e-mail

Ipgs nas redes sociais