O Janeiro Branco e a importância do debate sobre Saúde Mental

Além de ser o primeiro mês do ano, janeiro também é um mês de conscientização. Desse modo, em 2014 foi criado o Janeiro Branco, campanha que busca aumentar o alerta coletivo em relação ao tema da Saúde Mental no Brasil e no mundo. Doenças e distúrbios que afetam a saúde mental das pessoas têm crescido muito nos últimos anos, e são apontados como um dos grandes males da sociedade no Século XXI, atingindo cada vez mais pessoas. Por isso, é fundamental aumentar a conscientização em relação a esse assunto.

 

O que é o Janeiro Branco?

O Janeiro Branco é uma campanha que busca aumentar o nível geral de debate e conscientização em relação ao tema da Saúde Mental. A iniciativa foi criada no Brasil, em 2014, por psicólogos de Uberlândia, Minas Gerais, com inspiração em campanhas já existentes, como o Outubro Rosa e o Novembro Azul, que conseguem levar informação e conscientização com sucesso ao público.

O mês de janeiro foi o escolhido para a campanha em razão de ser um mês cheio de simbologias, com as pessoas mais dispostas a rever seus hábitos e a repensar comportamentos nocivos. Além disso, janeiro é visto como “a primeira folha em branco” do livro de cada ano novo que começa. Dessa forma, é a oportunidade perfeita para todos começarem esse novo período já fazendo reflexões sobre suas próprias vidas e também sobre a convivência em sociedade.

 

Ações da Campanha

O objetivo principal do Janeiro Branco é debater de maneira saudável, e assim gerar alerta e conscientização, sobre diversos temas relacionados à saúde mental. Como os outros exemplos de campanhas mais famosas já citadas, esse tipo de iniciativa existe para combater tabus, mudar paradigmas, orientar a população e inspirar as autoridades para que tomem medidas adequadas para tratar do tema.

Para esse objetivo ser atingido, não faltam ações para colocar a campanha em prática. O Janeiro Branco ajuda a promover diversas palestras, oficinas, cursos, workshops e conteúdos midiáticos sobre o tema. Essas ações são normalmente desenvolvidas em parcerias com prefeituras, universidades, centros de estudo, hospitais, escolas e quem mais estiver disposto a colaborar com a iniciativa.

Nessas ações, psicólogos e outros especialistas debatem com o público assuntos relacionados à saúde mental de forma geral. São abordados, de maneira natural, tópicos como doenças mentais crônicas, mais sérias, e também distúrbios mentais momentâneos, mas que também podem gerar graves consequências. A ideia é colocar o tema em evidência, gerar conscientização sobre a importância da prevenção ao adoecimento emocional e também apresentar possibilidades de ajuda para quem sofre com algum problema relacionado a esse tema.

 

Importância do Tema

A saúde mental da população mundial nunca esteve tão abalada quanto atualmente. Por isso, a urgência do debate em torno do tema é real, já que problemas desse âmbito impactam no nosso trabalho, nas nossas relações pessoais e na nossa vida como um todo.

O que motivou a criação do Janeiro Branco, portanto, foi o fato de cada vez mais pessoas mundo afora apresentarem doenças e distúrbios relacionados à saúde mental. Segundo a OMS, cerca de 12 milhões de brasileiros sofrem de depressão, dado que coloca o Brasil entre os países mais atingidos por esse mal no mundo. E a depressão é apenas uma das causas existentes que prejudicam a saúde mental: ainda conforma a OMS, em torno de 20 milhões de brasileiros sofrem com ansiedade, que inclui transtornos obsessivos-compulsivos, problemas de fobia, estresse pós-traumático e ataques de pânico, por exemplo.

Todas essas doenças e distúrbios referentes à saúde mental podem inclusive levar ao suicídio, outro assunto que ainda é um tabu, pois deve ser sempre abordado com muito cuidado, sensibilidade e empatia. Conforme o Ministério da Saúde brasileiro, o suicídio já é a quarta maior causa da morte de jovens no país. Também por isso, um dos grandes objetivos do Janeiro Branco é justamente a falta de debate e a falta de conhecimento acerca desse tema urgente e fundamental.

 

Serviço

Se você atualmente está passando por qualquer problema relacionado à saúde mental, ou conhece alguém que esteja, entre em contato com os canais de comunicação abaixo:

Janeiro Branco: Site e Instagram.

Centro de Valorização da Vida, que atende 24 horas por dia oferecendo apoio emocional e prevenção ao suicídio: Site ou ligação pelo número 188.

Receba novidades no seu e-mail

Ipgs nas redes sociais