Dia Mundial das Leguminosas: 10 razões para escolher estas sementes nutritivas

As Nações Unidas declararam em 10 de fevereiro o Dia Mundial das Leguminosas, mantendo vivo o impulso positivo em torno desses alimentos saudáveis, nutritivos e ricos em proteínas. Em muitos países, fazem parte do patrimônio cultural e são consumidos de forma regular ou mesmo diária. Em outras partes do mundo, eles dificilmente são utilizados, exceto quando servidos em uma sopa em um dia frio de inverno.

No entanto, essas sementes minúsculas e multicoloridas têm sido um dos alimentos mais nutritivos da natureza desde o início dos tempos. E aqui a própria ONU informa 10 razões pelas quais essas as leguminosas devem ser consumidas:

1. As leguminosas são naturalmente pobres em gordura e não contêm colesterol, o que pode contribuir para reduzir o risco de doenças cardiovasculares.

2. As leguminosas também são pobres em sódio. O cloreto de sódio –ou sal– contribui para a hipertensão, que pode ser evitada pelo consumo de alimentos com níveis mais baixos de sódio, como leguminosas.

3. São uma ótima fonte de proteína vegetal. Surpreendentemente, 100 gramas de lentilhas secas contêm notáveis 25 gramas de proteína! Durante o cozimento, as leguminosas absorvem quantidades consideráveis de água, reduzindo assim o seu teor de proteína para cerca de 8%. No entanto, você ainda pode aumentar a qualidade da proteína das leguminosas cozidas combinando-as com cereais em sua refeição, a exemplo de lentilhas com arroz.

4. As leguminosas são uma boa fonte de ferro. A deficiência de ferro é considerada uma das formas mais prevalentes de má nutrição e é um dos tipos mais comuns de anemia. Para ajudar a otimizar a absorção de ferro em nossos corpos a partir de leguminosas, combine-as com alimentos que contenham vitamina C.

5. As leguminosas são ricas em potássio, que apoia a saúde do coração e desempenha um papel importante nas funções digestivas e musculares.

6. As leguminosas são frequentemente citadas entre os principais alimentos ricos em fibras, necessários para apoiar a saúde digestiva e ajudar a reduzir os riscos de doenças cardiovasculares.

7. As leguminosas são uma excelente fonte de ácido fólico –uma vitamina B naturalmente presente em muitos alimentos– que é essencial para o funcionamento do sistema nervoso e especialmente importante durante a gravidez.

8. As leguminosas podem ser armazenadas por muito tempo e, portanto, podem ajudar a aumentar a diversidade das alimentações, especialmente nos países em desenvolvimento.

9. Leguminosas são alimentos de baixo índice glicêmico. Eles ajudam a estabilizar os níveis de açúcar no sangue e insulina, tornando-os adequados para pessoas com diabetes e ideais para controle de peso.

10. Finalmente, as leguminosas são naturalmente livres de glúten. Isso as torna uma opção ideal para celíacos.

Receba novidades no seu e-mail

Ipgs nas redes sociais