Nutrição e Doenças Cardiovasculares

As doenças cardiovasculares representam uma das principais causas de morte no mundo todo. O que muita gente ainda não sabe, é que manter uma alimentação equilibrada e saudável, aliada a práticas esportivas, é um dos principais fatores de prevenção ao desenvolvimento dessas doenças. Vamos saber mais sobre essa relação?

 

Alimentação e saúde

A alimentação balanceada é fundamental para afastar os riscos de os pacientes desenvolverem doenças cardiovasculares. Manter uma dieta saudável, além de outros benefícios, ajuda a controlar um eventual sobrepeso, fator que influencia diretamente no desenvolvimento de doenças que atacam o coração. Por isso, é importante combinar uma nutrição adequada à prática de esportes, que também ajudam a controlar o peso da pessoa e fortalecem o sistema cardiovascular.

Em adição ao impacto na manutenção de um peso adequado, é importante manter hábitos alimentares saudáveis também para controlar outros índices corporais que se refletem no estado de saúde de cada um. É o caso, por exemplo, dos níveis da pressão e do colesterol, que quando estão fora das medidas indicadas pelos médicos, também representam grande risco para o desenvolvimento dessas doenças.

 

Alimentos benéficos ao coração

Além de manter hábitos saudáveis e uma alimentação equilibrada, existem alguns alimentos específicos que trazem benefícios ao coração e fortalecem o sistema cardiovascular como um todo. Vamos ver alguns deles abaixo:

Peixes (principalmente de água frias) – Os peixes naturais de águas frias, como o salmão, são ricas fontes de ômega 3, que trazem diversos benefícios ao coração, principalmente ao equilíbrio do colesterol.

Oleaginosas – As oleaginosas, como castanhas e nozes, são benéficas não só ao sistema cardiovascular, como também em outros aspectos da saúde. Esses alimentos elevam o chamado “bom colesterol”, e ajudam a reduzir a pressão arterial.

Alho – O alho é um alimento que não é muito falado, mas também possui propriedades benéficas ao sistema cardiovascular. Isso ocorre principalmente por ter substâncias antioxidantes e que ajudam na dilatação dos vasos sanguíneos e também no controle da pressão arterial.

Aveia – A aveia também traz benefícios ao coração. Seu consumo ajuda na redução da absorção das gorduras, pois é um alimento rico em fibras solúveis.

 

Acompanhamento profissional

Assim como existem alguns alimentos que são benéficos ao coração e ao sistema cardiovascular, também existem alguns outros que são inadequados, tanto para quem já tem problemas dessa espécie quanto para quem tem uma predisposição. Nesse sentido, podemos citar o consumo excessivo de sal e açúcar, por exemplo, ou de frituras e alimentos pré-processados.

Por essa razão, para quem deseja usar a nutrição como mais uma ferramenta de fortalecimento de combate às doenças, especialmente no do sistema cardiovascular, o ideal é seguir um acompanhamento nutricional profissional. Dessa forma, o nutricionista desenvolverá junto ao paciente uma dieta adequada ao seu estado de saúde, indicando os alimentos que devem ser mais ou menos consumidos por ele.