Conheça o mercado da Nutrição Integrativa

O mercado necessita de profissionais nutricionistas que atendam de forma completa e integral. Gerar saúde, de forma completa, vai muito além da alimentação.

A própria Organização Mundial da Saúde (OMS) entende que a saúde envolve diversas questões, tais como fatores socioeconômicos, biológicos e ambientais. Dessa forma, ter saúde não é apenas "não estar doente", mas cada vez mais estar saudável.

Ou seja, é necessário por parte dos profissionais da saúde um olhar amplo e integral sobre o indivíduo - e isso também inclui o nutricionista, através do seu atendimento e da alimentação que conduz junto aos pacientes.

Por isso, o tema do nosso post de hoje é sobre a Nutrição Integrativa, e a crescente demanda que essa área tem recebido nos últimos tempos.

Confira o texto completo abaixo:

 

Sumário

Nutrição Integrativa

Objetivos e benefícios

O “Nutricionismo”

Nutrição Ayurvédica

Mercado da Nutrição Integrativa

Aprofunde seu estudo

FAQ

 

Nutrição Integrativa

Esse conceito vem sendo muito comentado e procurado nos últimos meses.

A ideia parte da perspectiva de que o ser humano é único, sempre precisando de um atendimento especial e individualizado.

Assim, a Nutrição Integrativa tem uma visão holística e abordagem ampla, combinando conceitos da Nutrição com outros conhecimentos, envolvendo mente, emoções, corpo e comportamento de forma complementar.

Dessa forma, a alimentação também deve seguir esse preceito, para só assim ser efetiva.

O atendimento nutricional trabalhando com nutrição integrativa então se embasa em análises comportamentais, além de exames físicos e bioquímicos, para traçar um plano alimentar personalizado adequado às necessidades de cada pessoa.

Isso ocorre pois a incorporação de hábitos alimentares e comportamentais adequados à necessidade individual promove uma melhora da qualidade de vida completa a quem usa essa estratégia.

Ainda, possibilita a utilização dos alimentos e seus nutrientes como prevenção e tratamento natural de diversos desequilíbrios, sempre visando a totalidade da unidade.

Se os problemas não forem corrigidos, os desequilíbrios tendem a aumentar, dando início a possíveis enfermidades. Por isso buscar manter o equilíbrio constante é fundamental, e na nutrição integrativa o alimento vira a principal ferramenta para esse objetivo.

 

Objetivos e benefícios

A Nutrição Integrativa possui então diversos objetivos, que visam determinados benefícios aos seus usuários.

Além do emagrecimento de uma forma natural, que é uma demanda muito comum ao público, o conceito traz diversos outros benefícios à saúde, como o aumento da energia vital, a desintoxicação e a busca pela melhor qualidade de vida possível através de equilíbrio.

Confira mais objetivos buscados pela nutrição integrativa abaixo:

• Melhor digestão dos alimentos;

• Controle da saciedade;

• Maior disposição física;

• Rejuvenescimento celular;

• Fortalecimento do sistema imunológico;

• Desintoxicação do organismo;

• Melhora do humor;

• Maior prazer com a alimentação.

A partir dessas premissas os alimentos e suas propriedades são usadas a favor de cada indivíduo, de acordo com suas necessidades físicas e emocionais.

 

O “Nutricionismo”

O Nutricionismo é um termo cunhado pelo pesquisador australiano Gyogy Scrinis. Sua etimologia traz a junção das palavras nutrição e reducionismo.

O intuito do conceito é definir a abordagem que resume a alimentação apenas aos nutrientes, seja a sua presença, seja a sua ausência, englobando também os seus potenciais malefícios ou benefícios em nossa saúde, além de alertar sobre o movimento de restringir a ciência da nutrição a fatores biológicos, ignorando todas as outras dimensões do comer.

Existe uma lição que sempre gostamos de enfatizar dentro do nosso programa de pós-graduação em Comportamento Alimentar: comer é um ato biopsicosociocultural, ou seja, é influenciado e composto por várias dimensões de nossa vida.

A abordagem reducionista do “Nutricionismo” leva profissionais e pacientes a ignorarem aspectos como o meio ambiente, prazer, cultura, acesso, emoções, memórias afetivas, economia, entre outros tantos que influenciam diretamente neste processo.

Além disso, esse conceito também pode fazer com que as pessoas possam passar a desenvolver até um certo medo de comida, de coisas básicas do dia-a-dia.

Essa ideia pode até acabar fomentando o terrorismo nutricional, e distorcendo o conceito de alimentação saudável com conceitos sem evidência.

 

Nutrição Ayurvédica

A Nutrição Ayurvédica é um tipo de alimentação praticada há mais de 5 mil anos, originada na Índia, com o objetivo de cultivar uma vida saudável e harmoniosa com o meio ambiente. Por isso, se relaciona intrinsecamente com a Nutrição Integrativa.

Essa é uma técnica milenar, que busca tratar pessoas ao redor do mundo com terapias bioenergéticas – envolvendo alimentação, fitoterapia, respiração, autoconhecimento, procedimentos corporais e cura através de elementos da natureza.

Assim, essa filosofia define a saúde de um indivíduo de acordo não como a ausência de doenças, mas através do resultado do equilíbrio entre o corpo físico, a alma, a mente e a energia vital de cada um.

De acordo com o pensamento Ayurvédico, por cada pessoa ser diferente, há a necessidade de uma alimentação personalizada. O termo significa “ciência da vida”, pois refere-se a uma medicina não tradicional, que procura fortalecer o sistema imunológico.

Cada organismo é formado por diferentes combinações dos elementos naturais, e é conhecido como Dosha, influenciando nossa personalidade, metabolismo, estrutura física e nossa relação com o meio ambiente.

Assim, a partir do Dosha de cada um, deve ser desenvolvida uma alimentação específica, que melhor beneficie cada pessoa.

 

Mercado da Nutrição Integrativa

A partir dessas premissas da Nutrição Integrativa, os alimentos e suas propriedades são usadas a favor de cada indivíduo, de acordo com suas necessidades físicas e emocionais.

Assim, o atendimento nutricional clínico com esse olhar completo à saúde do indivíduo está sendo cada vez mais requisito no mercado, e por isso a Nutrição Integrativa vem crescendo tanto, se tornando uma excelente opção de especialização para todos os nutricionistas que pretendem aperfeiçoar a sua atuação profissional e se manter atualizado com as novas tendências do mercado.

Antes de tudo, o nutricionista do futuro precisa manter-se atualizado sobre os assuntos que interferem na sua prática profissional, através da realização de cursos de aperfeiçoamento e da constante leitura de artigos científicos de qualidade, para que seja sempre capaz de ofertar serviços de excelência à população, independente da sua área de atuação.

Esse tipo de abordagem integrativa dentro da Nutrição, embora mais recente, está crescendo muito no mercado. Essa área, por também ser uma novidade, ainda apresenta escassas opções de cursos de especialização no Brasil.

Por isso, o curso da Faculdade iPGS é entendido pelo mercado nacional como o melhor e mais completo do pais.

 

Aprofunde seu estudo

Se você quiser se aprofundar no estudo sobre Nutrição Integrativa, um de nossos últimos lançamentos é um curso de especialização inteiramente dedicado ao tema: a pós-graduação lato sensu em Nutrição Clínica Integrativa!

Esse curso, completamente moderno e multidisciplinar, oferece o que há de mais completo e atual dentro do estudo da Nutrição Integrativa, e cria um grande diferencial de atendimento para todos os profissionais que optarem por aprimorar a sua formação dessa forma.

Com base em evidências científicas e na experiência prática dos professores ministrantes, o curso proporciona o aprendizado necessário para o profissional realizar uma intervenção personalizada, de forma ampla e efetiva, na fase de prevenção e também terapêutica nutricional do paciente.

 

FAQ

O que é Nutrição Ayurvédica?

Um tipo de alimentação antiga e originada na Índia com o objetivo de cultivar uma vida saudável e harmoniosa, envolvendo fitoterapia, respiração, autoconhecimento, procedimentos corporais e cura através de elementos da natureza.

O que é Nutrição Integrativa?

Uma abordagem de atendimento nutricional que, resumidamente, busca observar o paciente, sua saúde e seu bem-estar como uma unidade indivisível, focando em trazer soluções realmente efetivas às suas necessidades através da alimentação.

Qual é a duração da especialização em Nutrição Clínica Integrativa?

9 meses.

Qual é o melhor curso de especialização em Nutrição Integrativa do Brasil?

O da Faculdade iPGS, é claro!