Conheça as UANs e o papel dos nutricionistas

Uma área de grande destaque e oportunidade de trabalho para nutricionistas é a gestão de Unidades de Alimentação e Nutrição.

Por isso, o post de hoje do nosso blog aborda justamente esse tópico!

Ao longo do texto, vamos falar sobre a definição de UANs, sobre oportunidades de empreendimento em Unidades de Alimentação e Nutrição, o impacto da pandemia no trabalho das unidades, atividades competentes aos nutricionistas nessa função e também oportunidades de estudo dentro deste tópico.

Vamos conferir?

Veja todo o texto abaixo :)

 

Sumário

O que é Unidades de Alimentação e Nutrição – UANs

Empreendendo em Unidades de Alimentação e Nutrição

O impacto da pandemia nas Unidades de Alimentação e Nutrição

Medidas de higiene nas UANs reforçadas pela pandemia

Manual de boas práticas nas Unidades de Alimentação e Nutrição

Formulação de Cardápios e Fichas Técnicas em UANs

Gestão e Liderança em Unidades de Alimentação e Nutrição

Especialização em Gestão de Unidades de Alimentação e Nutrição

 

O que é Unidades de Alimentação e Nutrição - UANs

A sigla UAN significa Unidade de Alimentação e Nutrição.

Ou seja, são unidades de trabalho que desempenham atividades ligadas à alimentação e à nutrição coletiva.

As Unidades de Alimentação e Nutrição, portanto, têm o objetivo de operacionalizar o fornecimento nutricional de um grupo de pessoas, dentro de uma empresa ou um órgão de trabalho.

As UANs podem estar estabelecidas em complexos industriais, empresas, escolas e hospitais, por exemplo, sob diversas formas de gerenciamento. Contudo, devem sempre primar por garantir uma alimentação segura e adequada, seguindo todas as recomendações da vigilância sanitária.

A gestão de unidades de alimentação e nutrição - UANs deve ser sempre realizado por um nutricionista, preferencialmente especializado e devidamente capacitado para a função.

Entre as tarefas principais deste profissional, inclui-se a seleção e elaboração de cardápios, a gerência da equipe, a organização das atividades de preparação dos alimentos e a gestão dos insumos utilizados nas preparações.

 

Empreendendo em Unidades de Alimentação e Nutrição

Em um cenário de aumento da quantidade de ofertas de cursos de graduação na Nutrição e em demais áreas da Saúde, cresce também o número de novos profissionais formados a cada ano.

Muitas vezes, esse movimento não é acompanhado pelo aumento de vagas em instituições e empresas ligadas à saúde, e assim o empreendedorismo se apresenta como uma alternativa relevante e cada vez mais escolhida.

Entretanto, a grande maioria dos cursos de graduação em Nutrição e em demais áreas da Saúde apresentam pouco, ou nenhum, conteúdo ligado ao empreendedorismo e gestão de negócios.

Dessa forma, torna-se muito mais complexo o processo de criação de novos negócios para os profissionais egressos desses cursos.

Mesmo ao criar um novo negócio ligado à gestão de unidades de alimentação e nutrição que tenha, inicialmente, grandes chances de sucesso, é preciso considerar que certos requisitos para ser bem sucedido são praticamente obrigatórios: inovação na ideia e no modelo do negócio, entender o mercado e o público-alvo, desenhar o produto/serviço, validar a solução proposta junto ao possível cliente, estruturar e implementar um plano/modelo de negócios adequado ao mercado em questão, entre outros.

Nesse contexto, existem ferramentas e práticas já consolidadas no mundo do empreendedorismo que ajudam na criação e no desenvolvimento de empresas que podem se tornar posteriormente grandes referências no mercado.

Essas ferramentas, que auxiliam na consolidação de novos empreendimentos relacionados à alimentação e à nutrição, muitas vezes precisam ser aprendidas pelos profissionais em cursos de pós-graduação.

Dessa forma, com um estudo aprofundado do tema, se facilita a atuação tanto do nutricionista que faz a gestão de unidades de alimentação e nutrição - UANs quanto do profissional que pretende se aventurar na criação de um empreendimento nessa área.

 

O impacto da pandemia nas Unidades de Alimentação e Nutrição

A pandemia da COVID-19 provocou drásticas mudanças no trabalho das Unidades de Alimentação e Nutrição, e também acelerou muitos processos que já vinham ocorrendo.

De qualquer forma, muitos estabelecimentos precisaram se adaptar à nova realidade, e isso não foi diferente para as Unidades de Alimentação e Nutrição (UANs).

Com a redução no movimento de pessoas em todos os setores da sociedade, as UANs sentiram o impacto na diminuição do número de refeições.

Como consequência, houve também uma redução no número de funcionários, enquanto outros tiveram que se adaptar a novas rotinas e funções.

Além disto, o grande impacto que a pandemia trouxe para as unidades de alimentação e nutrição foi, naturalmente, em relação aos cuidados sanitários.

Foi preciso que a atenção com as boas práticas de fabricação de alimentos e organização dos insumos fossem redobrados, incluindo principalmente uma maior higienização e desinfecção permanente do ambiente, dos utensílios, de higiene pessoal e dos próprios alimentos.

Por essa razão, aumentou também a necessidade do cuidado do profissional nutricionista que faz a gestão da unidade neste processo.

Foi preciso também acompanhar os colaboradores e verificar se as práticas aplicadas de distanciamento estão sendo cumpridas, incluindo as distâncias adequadas, uma maior atenção com a saúde e segurança do trabalhador e avaliar a necessidade da divisão de turnos – para a diminuição do contato.

Desta forma, foi preciso realizar um controle maior de todos os processos relacionados à produção dos alimentos, desde o recebimento das mercadorias até o recolhimento após a distribuição.

 

Medidas de higiene nas UANs reforçadas pela pandemia

Como referido anteriormente, muitas medidas de higiene em relação ao trabalho e às atividades das Unidades de Alimentação e Nutrição foram reforçadas ou criadas.

Algumas delas destacamos aqui abaixo:

• Cuidados maiores no recebimento das mercadorias, higienização e desinfecção no ato do recebimento e armazenamento;

• Higienização e troca de utensílios com maior frequência nas áreas de distribuição e salão de refeições;

• Exigência do protetor de saliva ou possuir colaboradores servindo todas as preparações para os clientes;

• Utilizar os talheres embalados ou, então, descartáveis;

• Saladas e sobremesas serem distribuídas em embalagens como no serviço grab and go e no serviço take away. Estes tipos de serviço vêm crescendo no mercado;

• Temperos e condimentos em saches para minimizar o contato;

• Higienização de mesas, cadeiras e jogos americanos após cada refeição.

 

Manual de boas práticas na gestão de Unidades de Alimentação e Nutrição

Embasando todo o processo de trabalho das Unidades de Alimentação e Nutrição existe uma legislação completa adequada.

Essa legislação sanitária apresenta oficialmente as Boas Práticas de Fabricação (BPF), e estabelece a obrigatoriedade de criação das mesmas em todas as empresas do setor alimentício.

Ainda, a legislação determina que seja elaborado, em cada estabelecimento, um documento chamado Manual de Boas Práticas de Fabricação de Alimentos ou Manual de Boas Práticas.

Para isso, o gestor precisa ter ciência dos principais conceitos e diretrizes para a elaboração do Manual de Boas Práticas, assim como os Procedimentos Operacionais Padrão e os registros relacionados com as BPF, de forma que sejam integralmente atendidas todas as exigências legais.

 

Formulação de Cardápios e Fichas Técnicas em UANs

Outra função que é primordial dentro das tarefas competentes aos nutricionistas gestores de Unidades de Alimentação e Nutrição é a formulação de cardápios e fichas técnicas.

A elaboração de um cardápio depende de inúmeros fatores, uma vez que cada cliente tem características, necessidades e vontades próprias.

Por isso, um bom planejamento deve levar em consideração vários aspectos, como os nutricionais, sensoriais, operacionais e econômicos. Assim, toda elaboração de cardápio requer domínio sobre as receitas que o comporão.

Por fim, a Ficha Técnica de Preparo é uma ferramenta onde as receitas são transcritas. Sua função é a de padronização e de controle de custos do processo de produção.

 

Gestão e Liderança em Unidades de Alimentação e Nutrição

Outra das principais funções de um nutricionista responsável por uma Unidade de Alimentação e Nutrição é fazer a gestão da equipe e dos colaboradores que prestam serviços a essa unidade.

Assim, sabe-se da importância da gestão de pessoas nessas unidades de alimentação, e também dos grandes desafios de liderança que o nutricionista recebe quando exerce essa função.

Dessa forma, para os profissionais da Nutrição que pretendem exercer funções de gestão e liderança em Unidades de Alimentação e Nutrição, muitas habilidades especiais são necessárias.

Entre essas habilidades, estão atividades como liderar e orientar os colaboradores, dimensionar a sua equipe, recrutar, selecionar e dispensar profissionais, avaliar o trabalho da equipe e dar feedback, entre outras.

 

Especialização em Gestão de Unidades de Alimentação e Nutrição

Esse mercado tem se mostrado muito promissor nos últimos anos, e tem oferecido muitas oportunidades de trabalho para nutricionistas.

Por isso, a Faculdade iPGS possui um curso de pós-graduação inteiramente dedicado a esse tema, a especialização em Gestão de Unidades de Alimentação e Nutrição (UAN).

O Programa de Pós-Graduação em Gestão de Unidades de Alimentação e Nutrição (UAN) da Faculdade iPGS visa o aprimoramento profissional do aluno através do desenvolvimento de habilidades e competências teóricas e práticas ligadas ao gerenciamento de serviços de alimentação, incluindo ferramentas de gestão e controle de qualidade, de custos, de pessoas e de processos.

Assim, essa especialização aborda os temas mais atuais e relevantes deste campo de atividades, sendo as aulas ministradas por professores com reconhecida atuação na área.

Venha conhecer todas as informações referentes ao curso, incluindo as disciplinas, o corpo docente, o tempo de duração e as condições de matrícula.

 

Esperamos que você tenha gostado da leitura do texto de hoje. Até a próxima!