As novidades da Nutrição Estética e tudo que você precisa saber sobre a área

Indiscutivelmente, a Nutrição Estética é hoje uma das áreas de especialização que mais cresce dentro da Nutrição.

O mercado dessa especialidade se agitou muito na última década, impulsionado também pelo surgimento dos influencers digitais que trabalham dando dicas sobre estética e beleza.

Por isso, hoje o post do nosso blog vai abordar justamente a Nutrição Estética.

Vamos falar também sobre nutracêuticos e Nutrição Estética, que foi uma das novidades que surgiram recentemente, sobre o mercado e os profissionais dessa área, e também sobre opções de especialização relacionados a esses assuntos.

Pronto para receber todas essas informações incríveis?

É só acompanhar o post completo abaixo! 

 

Sumário

O que é Nutrição Estética?

Nutrição Estética e Nutracêuticos

A Nutrição na proteção da pele de queimaduras, manchas e envelhecimento precoce

O mercado da Nutrição Estética hoje no Brasil

O profissional que atua na Nutrição Estética

Especialização em Nutrição Clínica Estética

Cursos Livres que também abordam a área

 

O que é Nutrição Estética?

Como o próprio nome indica, a Nutrição Estética tem como foco buscar uma melhora estética no paciente de acordo com a conduta nutricional aplicada.

Essa área está em grande expansão no Brasil. Além dos benefícios estéticos, sua prática também está associada à prevenção de doenças crônicas e à melhora da autoestima dos pacientes que se além deste tratamento.

Dessa forma, a Nutrição Estética atua na melhoria da saúde do paciente como um todo, suprindo necessidades nutricionais para garantir a saúde e também e os objetivos estéticos de quem a busca.

Assim, cada paciente deve ter um plano nutricional individual e personalizado. Essa dieta deve visar equilibrar a ingestão dos nutrientes adequados a cada caso, com indicação de suplementação específica e individualizada, quando necessário.

Assim, o profissional que aplica a Nutrição Estética tem como objetivo tanto melhorar a aparência quanto a saúde dos indivíduos.

Seu alcance é bem abrangente e variado. Algumas de suas demandas mais comuns são o tratamento do envelhecimento cutâneo, da acne, do excesso de peso, da gordura localizada, da celulite, da flacidez, o fortalecimento das unhas e cabelos, pré e pós cirurgias estéticas e muito mais.  

 

Nutrição Estética e Nutracêuticos

Como mencionado, o mercado da Nutrição Estética é um dos que mais cresce no mundo, incluindo o Brasil.

A população, de forma geral, tem atentado cada vez mais para a importância de cuidar da saúde, sabendo que este cuidado também terá impactos estéticos.

Porém, o ritmo agitado e estressante dos dias atuais, muitas vezes, nos faz esquecer dessa importância, afetando nossa saúde, e consequentemente, nossa aparência.

Assim, alguns dos exemplos destes impactos estéticos acarretados pela falta de cuidado com nossa saúde são o aumento de pessoas com queda de cabelo, unhas quebradiças e envelhecimento precoce, os quais ocorrem devido à oxidação provocada pelos radicais livres.

Neste contexto, entra o uso dos nutracêuticos, sendo um de seus usos mais comuns atualmente em busca de benefícios estéticos.

Neste ponto, é importante destacar que a estética é filha da saúde, ou seja, o primeiro passo para ter uma boa aparência é estar plenamente saudável.

Para estarmos saudáveis, precisamos nos alimentar de maneira adequada, podendo também complementar essa nutrição com outros compostos benéficos à saúde, e, consequentemente, à estética.

Dessa forma, o uso de nutracêuticos pode acarretar ao usuário benefícios como firmeza e hidratação à pele, fortalecimento do cabelo e das unhas, melhor funcionamento do metabolismo e muito mais!

Confira agora uma lista com alguns dos nutracêuticos mais procurados atualmente para trazer benefícios à estética:

Ômega 3: uma das substâncias mais conhecidas, possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, contribuindo para a recuperação muscular. Além disso, também é muito usado para melhorar a pele, atenuar o efeito de celulites e também por sua capacidade cicatrizante.

  

Catequina: presente no chá verde, também tem forte ação antioxidante, e ainda melhora a atividade do metabolismo, trazendo diversos benefícios à saúde, à disposição e à aparência.

 

Colágeno: O colágeno também é bem popular, sendo usado para fortalecer a derme de maneira geral. Seu uso aumenta a firmeza, a elasticidade e até a hidratação da pele, contribuindo também para prevenir a formação de rugas e outras marcas.

 

Probióticos: Há alguns anos já que o consumo de probióticos está na moda, pois traz muitos benefícios à microbiota intestinal. Ainda, seu uso potencializa também a saúde da pele, das unhas e do cabelo.

  

Aminoácidos: Os aminoácidos são muito populares também entre os atletas, em razão do seu forte poder regenerativo. Além de proporcionar uma melhor recuperação muscular, esses compostos também trazem mais disposição, energia, bem-estar e até firmeza para a musculatura e à pele.

 

Como visto, há muitas opções de nutracêuticos disponíveis atualmente, que podem ser usados para diversos fins. Por isso, enfatizamos a importância do uso sob orientação de profissionais.

 

A Nutrição na proteção da pele de queimaduras, manchas e envelhecimento precoce

Naturalmente, não só os nutracêuticos proporcionam benefícios estéticos.

No Brasil, um país de clima tropical, com alta exposição ao sol, mesmo que involuntária, se torna mais frequente e intensa. Essa exposição também acaba refletindo no aumento de casos de diversas patologias relacionadas, inclusive o câncer de pele.

Nesse contexto, é importante conhecer alguns dos agentes presentes na alimentação, capazes de promover fotoproteção na pele humana, que deve ser considerada de forma complementar ao uso de fotoprotetores de uso tópico.

A vitamina E, por exemplo, é um importante antioxidante lipossolúvel. A vitamina E tem ação dentro de membranas celulares, considerada uma vitamina com potente ação antioxidante e papel fotoprotetor.

Óleos vegetais e oleaginosas, como nozes e castanhas, são boas fontes de vitamina E. Já a vitamina C é cofator de diversas enzimas e essencial na síntese de colágeno.

Nesse processo, o ácido ascórbico é capaz de estimular a proliferação celular, bem como a síntese de colágeno pelos fibroblastos dérmicos. Frutas cítricas também são excelentes fontes desta vitamina.

Os carotenóides também formam um dos grupos de pigmentos mais difundidos na natureza. São responsáveis pela coloração amarela, laranja e vermelha de grande número de frutas, folhas e algumas flores, com importante papel de proteger a pele humana dos raios UV.

Já o resveratrol é um antioxidante presente na casca e sementes das uvas, e também encontra-se em outras fontes vegetais incluem amendoim, vinho tinto e frutas.

Ele também mostra efeitos inibitórios sobre diversos processos celulares associados ao início e à progressão tumoral, tendo papel fotoprotetor na pele humana.

A intervenção nutricional com flavonoides do cacau diminui a sensibilidade da pele em relação à luz UV, o que foi determinado pelo grau de vermelhidão na sequência de uma luz solar. Desta forma, o cacau também é considerado um excelente fotoprotetor oral.

Por isso, é recomendável a presença destes componentes na alimentação, especialmente durante o verão. Estes nutrientes devem estar distribuídos dentre o cardápio normal e presentes diariamente dentre uma dieta variada.

 

O mercado da Nutrição Estética hoje no Brasil

O mercado de beleza e bem-estar cresceu de forma acentuada nos últimos dez anos, como informa a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos.

Uma parte crescente do orçamento das famílias brasileiras é destinados a gastos em produtos e serviços do setor. Isso só reforça que a Nutrição Clínica Estética continua ganhando um espaço ampliado no mercado da beleza.

Além disso, a população está atingindo um envelhecimento cada vez mais prolongado – e quer fazer isso da melhor forma possível. Uma pesquisa recente da Euromonitor International identificou que, para 63% dos entrevistados com mais de 60 anos, a hidratação foi o benefício mais desejado como cuidados para a pele.

A tendência da influência digital, dos resultados estéticos imediatos e outros apelos de propaganda faz, muitas vezes, as pessoas se submeterem a situações que podem ser fatais, como é o caso de cirurgias estéticas. Isso reforça que não se pode padronizar dieta e nem tratamento.

Por isso, é muito importante que os profissionais do mercado da Nutrição Estética estejam bem instruídos para saber avaliar de forma adequada os procedimentos e intervenções que os pacientes realmente necessitem.

O nutricionista poderá otimizar os resultados estéticos, priorizando a saúde como um todo, e a alteração de hábitos alimentares que eternizam-se ao longo da vida, para que não seja apenas momentânea.

 

O profissional que atua na Nutrição Estética

Como comentamos aqui, a Nutrição voltada à estética está em expansão, e consolidando-se como uma das áreas em que o nutricionista pode contribuir tanto para saúde, quanto para beleza.

Os resultados de sua intervenção não estão associados somente a resultados estéticos, mas também à prevenção de doenças crônicas.

O profissional que atua nesta área deve atuar com base nas pesquisas científicas que têm contribuído para diversas melhoras à saúde dos pacientes.

Algumas que destacamos aqui se referem a queixas típicas, como acne e melasma, prevenção do envelhecimento cutâneo, melhora de estrias e celulites, redução da queda de pelos e cabelos, e fortalecimento das unhas e diminuição de medidas, resultando assim na melhora da autoestima e qualidade de vida.

Dessa forma, o nutricionista que trabalha com Nutrição Estética atua com a prescrição dietética e de nutracêuticos ou suplementos individualizada, que atuarão de forma coadjuvante e até protagonista na prevenção e minimização dos sintomas de diversas patologias.

Por fim, sempre gostamos de reforçar que a atuação dos nutricionistas que trabalham com a área da estética deve sempre priorizar a saúde do paciente, observando se sua demanda é adequada à sua saúde.

 

Especialização em Nutrição Clínica Estética

Sendo assim, um curso bem fundamentado na área da Nutrição Estética ajuda na formação e atuação dos profissionais.

Assim, se torna capaz de desenvolver um trabalho personalizado e único, respeitando o sistema metabólico e emocional dos pacientes, equilibrando com uma dieta quantitativa e qualitativa, para poder conquistar uma harmonia visual e de comportamento.

Na Faculdade iPGS, possuímos um curso de especialização completamente dedicado à Nutrição Clínica Estética.

O curso proporciona ao aluno especialização profissional para o atendimento clínico-nutricional com ênfase em estética, abordando os temas mais relevantes da área.

Estão entre os assuntos estudados no curso: dermatologia e fotoproteção, fisiopatologia das desordens estéticas, prescrição dietética aplicada à síndrome da desarmonia corporal: celulite, gordura localizada e flacidez, pré e pós-operatório de cirurgias estéticas, potencialização de resultados em tratamentos estéticos, educação alimentar, emagrecimento, melhora da composição corporal, nutrição estética preventiva, e ainda outros conteúdos relevantes, ministrados por professores especialistas no assunto.

Além disso, a Pós-Graduação em Nutrição e Estética da Faculdade iPGS foi o curso pioneiro completamente voltado para essa área no Brasil, o que evidencia a instituição como o local mais adequado para quem deseja se especializar nessa matéria.

 

Cursos Livres que também abordam a área

Além da opção de realizar uma especialização completa em Nutrição Clínica Estética, também é possível fazer outros cursos que abordam o tema, como os nossos Cursos Livres.

Veja algumas opções desses cursos, mais específicos e dinâmicos, aqui embaixo:

 

Nutrição Avança no Combate à Celulite

O curso de Nutrição Avançada no Combate à Celulite é ministrado pela professora Dra. Aline Petter Schneider, fundadora da Faculdade iPGS.

Possui como objetivo capacitar profissionais da Nutrição e da Saúde quanto aos aspectos fundamentais envolvidos no manejo nutricional da celulite, incluindo abordagens terapêuticas, orientações nutricionais e aplicações práticas em consultório.

  

Suplementação Nutricional em Estética

Outro curso livre disponível relacionado à Nutrição Estética é o de Suplementação Nutricional em Estética.

O curso tem o objetivo de apresentar ao profissional da Nutrição noções básicas acerca das desordens estéticas, assim como dar condições ao tratamento delas pela conduta dietoterápica e pela suplementação.

  

Nutrição em Estética e Envelhecimento Saúdavel

Por fim, uma outra opção é o Curso Avançado em Nutrição em Estética e Envelhecimento Saudável.

Seu objetivo é atualizar os profissionais da Nutrição sobre as principais demandas atuais de atendimento nas clínicas e consultórios de estética.

 

Esperamos que você tenha gostado de todas as informações que compartilhamos aqui com você hoje sobre Nutrição Estética. 

Obrigado pela leitura, e até o próximo post!